Greve de ferroviários afeta linhas da CPTM em São Paulo nesta quinta-feira

Data do Artigo: 15 de julho de 2021

Link da Notícia: G1 São Paulo

Escrito por: G1 SP

Não há circulação de trens nas linhas 9 (Esmeralda) e 10 (Turquesa) - que deveriam iniciar operação as 4h -, e as linhas 7 (Rubi) e 8 (Diamante) estão funcionando parcialmente. CPTM informou que não haverá acionamento do sistema PAESE. Metrô opera normalmente.


Uma greve de trabalhadores afeta ao menos 4 linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) na manhã desta quinta-feira (15) em São Paulo. O Metrô funciona normalmente.

A CPTM afirmou que não vai haver acionamento do sistema Paese, de ônibus, porque as linhas atingidas fazem trajetos muito grandes. A companhia informou apenas que pediu reforço da frota municipal para a SPTrans.

Por volta das 07h20, a SPTrans informou por meio de nota que “até o momento, não recebeu solicitação para acionamento do Paese no sistema ferroviário”, mas determinou que as empresas de ônibus da cidade mantenham a operação da frota operacional em 100% ao longo de todo o dia.

Veja a situação das linhas da CPTM:

  • 7 – Rubi: trens circulam entre Palmeiras-Barra Funda Caieiras
  • 8 – Diamante: trens circulam entre Palmeiras-Barra Funda e Barueri
  • 9 – Esmeralda: paralisada totalmente
  • 10 – Turquesa: paralisada totalmente
  • 11 – Coral: funcionamento normal
  • 12 – Safira: funcionamento normal
  • 13 – Jade: funcionamento normal

 

Grajaú

 

Não há ainda informações sobre o número de ferroviários que aderiram à paralisação. A situação mais complicada durante a manhã foi registrada na estação Grajaú, na Linha 9-Esmeralda, onde houve aglomeração de passageiros sem transporte, tentando achar alternativas para chegar ao trabalho.

O policiamento foi reforçado nos arredores da estação Grajaú justamente por causa da grande quantidade de pessoas durante a manhã.

O excesso de passageiros sem transporte obstruiu a Avenida Teotonio Vilela, em frente a estação, e os policiais fizeram um cordão de isolamento com escudos, tentando negociar a desobstrução da via.

A multidão nas vias próximas da estação e do terminal Grajaú acabou prejudicando a própria circulação dos ônibus. Segundo a SPTrans, as linhas que atendem o terminal da Zona Sul “tiveram que fazer retorno, em ambos os sentidos, desde as 6h05 desta quinta-feira, em razão de interferência na via”.

Uma fila de coletivos se formou nas imediações do terminal e os passageiros estão sem muitas alternativas de transporte. Ao menos 26 linhas foram afetadas (veja lista abaixo).

A CPTM diz que a adesão total dos trabalhadores à greve nas linhas 9-Esmeralda e 10-Turquesa contraria decisão da Justiça do Trabalho que determina a manutenção de 80% dos trabalhadores no horário de pico e 60% nos demais horários.

Rodízio de veículos em SP

 

O rodízio municipal de veículos terminou às 5h da manhã e o uso de veículo particular de qualquer placa pode ser feito durante todo o dia na cidade. Ele volta a valer só às 23h desta quinta (15), até 05h de sexta-feira (16).

A greve afetou o sistema de ônibus municipais. Os pontos ficaram lotados e os passageiros tiveram dificuldade de embarcar nos coletivos abarrotados.

Em Franco da Rocha, na Grande SP, uma passageira narrou ao Bom Dia SP que a viagem por carros de aplicativos dobraram de preço, passando de R$15 para R$ 30 nesta manhã de quarta (15).

Ônibus intermunicipais da EMTU

 

A EMTU informou que as linhas intermunicipais gerenciadas pela empresa circulam normalmente nesta quarta-feira (15) e darão suporte à CPTM, conforme necessidade e orientação do CCO da Companhia.

“Poderá haver extensão do itinerário das linhas que passam por estações da CPTM a fim de atender aos passageiros prejudicados pela greve dos sindicatos que representam os colaboradores das linhas 7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda e 10-Turquesa”, disse a empresa.

De acordo com a EMTU, as empresas de ônibus gerenciadas pela empresa “estarão preparadas para operar com um plano de contingência para dar suporte a todos que precisam do transporte, principalmente aos que trabalham em serviços essenciais”.

Audiência

 

A greve foi decidida em uma audiência de conciliação na quarta-feira (14) no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), onde a CPTM não apresentou nova proposta e a categoria ressaltou que não recebeu o programa de participação nos resultados de 2020 e não teve reajuste salarial no ano passado.

Em nota, o TRT informou que a Justiça apresentou “uma sugestão conciliatória, mas as partes não chegaram a um acordo”.

Em nota, a CPTM lamentou a falta de acordo e a posição dos funcionários da categoria.

Segundo a empresa, apesar das quatro linhas paralisadas, as linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade operarão normalmente nesta quinta-feira (15).

Linhas de ônibus do terminal Grajaú

 

As 26 linhas de ônibus afetadas pela obstrução do Termina Grajaú, segundo a SPTrans são as seguintes:

  • 5630-10TERM. GRAJAÚ-METRÔ BRÁS
  • 6003-10TERM. GRAJAÚ-TERM. VARGINHA
  • 6016-10JD. NORONHA-TERM. GRAJAÚ
  • 6016-41JD. PORTO VELHO-TERM. GRAJAÚ
  • 6031-10JD. SÃO BERNARDO-TERM. GRAJAÚ
  • 6034-10PQ. RES. COCAIA-TERM. GRAJAÚ
  • 6050-10PQ. COCAIA-TERM. GRAJAÚ
  • 6053-10JD. ELLUS-TERM. GRAJAÚ
  • 6056-10PQ. STA. CECÍLIA-TERM. GRAJAÚ
  • 6056-41VL. NATAL-TERM. GRAJAÚ
  • 6057-10VL. NATAL-TERM. GRAJAÚ
  • 6061-10JD. MARILDA-TERM. GRAJAÚ
  • 6062-10JD. CASTRO ALVES-TERM. GRAJAÚ
  • 607M-10TERM. GRAJAÚ-TERM. ÁGUA ESPRAIADA
  • 6083-10JD. ELIANA-TERM. GRAJAÚ
  • 6092-10JD. DAS PEDRAS-TERM. GRAJAÚ
  • 6093-10VARGEM GRANDE-TERM. GRAJAÚ
  • 6099-10TERM. GRAJAÚ-DIVISA DE EMBU-GUAÇU
  • 6115-10CANTINHO DO CÉU-TERM. GRAJAÚ
  • 6115-41PQ. RES. DOS LAGOS-TERM. GRAJAÚ
  • 6116-10JD. PRAINHA-TERM. GRAJAÚ
  • 6120-10JD. LUCÉLIA-TERM. GRAJAÚ
  • 6726-10JD. GAIVOTAS-TERM. GRAJAÚ
  • 675X-10TERM. GRAJAÚ-AACD-SERVIDOR
  • 6970-10TERM. GRAJAÚ-TERM. STO. AMARO
  • 6L11-10ILHA DO BORORÉ-TERM. GRAJAÚ